Tag Archives: Japão

Personagens de Maurício e Tezuka em crossover no Brasil

26 Set

No começo do ano já circulava a notícia sobre Maurício de Sousa, criador da Turma da Mônica, fazer um crossover entre seus personagens e os de Osamu Tezuka (considerado o Deus do Mangá). Havia até uma data de lançamento, junho deste ano, mas nada aconteceu.

Nessa semana o quadrinista brasileiro postou em seu Twitter algumas fotos da negociação com a Tezuka Productions, ocorrida recentemente em Tóquio. Ou seja, está mais perto de chegar às nossas bancas as histórias da Turma da Mônica com os personagens de Astro Boy, Kimba – o leão branco e A Princesa e o Cavaleiro.

"Encontro com o presidente da TEZUKA PRODUCTIONS, sr. takayuki matsutani, na sede da empresa".

"O presidente da TEZUKA PRODUCTIONS vê pranchas de projeto que prevê interação de seus personagens com TMJ".

(Fotos e legendas retiradas de aqui. No mesmo link há outras fotos da viagem de Maurício pela Ásia.)


Além do lançamento brasileiro, conforme o site ipcdigital.com, “outro projeto da Maurício de Sousa Produções é o lançamento da Turma da Mônica Jovem em japonês e a volta do dinossauro Horácio ao Japão através do jornal Ichigo, publicado pela Sanrio, empresa criadora da Hello Kitty entre outros personagens”. (Lembro-me de ler em entrevista Maurício contando que a Mônica nunca conseguiu fazer sucesso no Japão, e julgava ser por causa da personagem, feminina, sempre bater nos meninos, ou seja, nunca ficar numa posição inferior ao masculino, o que não é exatamente um comportamento muito aceito por lá. Talvez, com a turminha adolescente, o público japonês reaja diferente).

A ideia do crossover não é recente. Teria surgido ainda na década de 80, quando os dois quadrinistas se encontraram (leia mais sobre o encontro de ambos, pelo próprio Maurício, aqui e aqui). Porém com o falecimento de Tezuka, a parceria só foi retomada agora.

Personagens de Tezuka e Maurício

Obs.: Alguém duvida que o lançamento do crossover será recorde de venda no país? Se a Turma da Mônica Jovem já vende muito e tem uma alta tiragem, imagine com os personagens de Tezuka!

Comercial de House no Japão mistura animê

4 Ago

Para o lançamento no Japão do 4º DVD da série norteamericana, House , M.D. (no Brasil, Dr. House), foi feito um comercial, numa espécie de crossover, com o desenho animado “Black Jack”, de Osamu Tezuka (considerado o mestre/deus dos mangás).

Mais uma vez os japoneses demonstram que não basta trazer um produto de outra cultura para a sua, eles dão um jeitinho de deixar com a cara deles, no caso resgatando um personagem conhecido ao povo nipônico para a divulgação do DVD. Parabéns para quem teve a ideia! Se no Brasil fizessem isso….bom, tenho até medo, das referências culturais do país que seriam usadas! Hehehe! 😛

Mesmo para quem não entende japonês, vale a pena dar uma olhada no comercial, nem que seja só para ouvir House e sua equipe falando  em japonês. É muito engraçado.

Livro relata as experiências de um nerd no Japão

31 Jul

A editora JBC lançou no final deste mês mais um livro sobre o Japão, ou mais exatamente, sobre as impressões de um estrangeiro na nação do sol nascente.

Conforme o site da JBC, Um nerd no Japão – um guia completo do Japão que mudou o conceito de cultura pop no mundo”, de Hector García, “é um livro recheado de belas ilustrações, em cores, acompanhadas de descrições que seguem uma linha do tempo do Japão, começando pela tradição milenar, a origem do idioma e dos ideogramas, passando pelas filosofias xintoísta e budista até o Japão moderno, em que a cultura pop reina absoluta e ganha destaque mundial através dos animes e mangás.

Além de decifrar alguns códigos de comportamento nipônico e sua rica cultura, que mescla tradição milenar e tecnologia avançada, Um Nerd no Japão mostra o que há de mais interessante nos badalados bairros da capital Tóquio, os passeios culturais imperdíveis e os locais não muito divulgados mas, nem por isso, menos interessantes. Tudo acompanhado de fotos, mapas e indicações detalhadas de acesso além de dicas fundamentais para aqueles que farão um tour pelo país pela primeira vez”.

O livro foi publicado primeiramente na Espanha, em 2008, pela Norma editorial.

O autor

Hector García nasceu em Alicante, na Espanha, em 1981. Esteve no Japão pela primeira vez em 2004, a trabalho, e atualmente mora em Tóquio, mais precisamente em Shibuya.

Trabalhou em diversas empresas, ligadas à tecnologia e internet, no país. Na web é conhecido pelo pseudônimo “Kirai” e mantém o blog http://www.kirainet.com, cuja compilação de postagens rendeu o “Um nerd no Japão”.

De acordo com seu blog, García está no momento escrevendo uma segunda parte do seu livro, enquanto trabalha como engenheiro chefe no “Twitter Japan” e é correspondente do “Ciberpaís”, suplemento do jornal espanhol El País.

>> No blog do autor é disponibilizado o capítulo 7 da edição espanhola do livro. Aí vai uma prévia (abra em nova aba/guia para melhor visualizar):

Páginas do livro em espanhol

*

Um Nerd no Japão
Um guia completo do Japão que mudou o conceito de cultura pop no mundo

Autor: Héctor García
Formato: 18,5 cm x 26,0 cm
Nº de páginas: 152
Preço: R$ 49,00
*

O que o futuro reserva para o scanlation?

29 Jul

Há algumas semanas a comunidade leitora de scanlations em inglês ao redor do mundo está preocupada. Editores americanos juntamente com editores japoneses resolveram acabar com os sites agregadores desse tipo de material. A notícia que vem circulando na internet já prometia que os principais alvos seriam cerca de 30 sites de scanlation, entre eles o onemanga.com e o mangafox.com.

A razão principal da “luta contra o scanlation” seria a de que os sites de scans traduzidos para o inglês estão entre os mais acessados da internet (conforme a lista, o OM está em 830º lugar, com mais de 4 milhões de visitantes únicos e mais de 1 bilhão de page views) e acabam gerando lucro com o material (pelos anúncios nos sites) sem ter licença para isso, enquanto os mangás legalmente publicados estão atualmente enfrentando uma queda de vendas.

Antes mesmo de alguma medida mais oficial seja tomada, o One Manga resolveu, por conta própria, tirar o corpo de fora rapidinho do problema: este será seu último mês de funcionamento (ou seja, mais 2 dias!). Ao abrir o site, uma mensagem explica a decisão tomada. Traduzi o comecinho para vocês lerem, o principal mesmo:

um fim para tudo, para as coisas boas também

Dói-me anunciar que esta é a ultima semana de leitura de mangás no One Manga (!!). Editores de mangá recentemente mudaram de posição em relação ao scanlation de mangá e deixaram claro que não o aprovam mais. Decidimos obedecer a seus desejos, e remover todo conteúdo de mangá (independentemente do status de licenciamento) do site. A remoção do conteúdo será gradual (para que você possa ao menos terminar algumas de suas leituras em andamento), mas esperamos que todo conteúdo seja eliminado logo na próxima semana (RIP OM Julho 2010).

E agora? Nós não temos muita certeza até o momento, mas temos algumas ideias que gostaríamos de experimentar. Até então, os fóruns do One Manga continuam ativos e encorajamos todos vocês a continuar usando-os”.

–  Zabi

Por enquanto, o que está em jogo são os sites que oferecem os scanlations de mangás, pelas razões citadas acima. Por enquanto, não são os scanlators, ou seja, os grupos que fazem tal trabalho, que estão na mira. Por enquanto.

Reação

Dentro da comunidade dos fãs já se fala de voltar ao IRC (o que no meu caso seria começar a usar…espero não precisar!) e de que ficaria mais difícil conseguir os mangás escaneados e traduzidos (o que nas entrelinhas revela não o fim do scanlation, mas meios mais subversivos para consegui-lo).

O grande detalhe é o de que apesar da empreitada (ou “caça as bruxas” como alguns fãs estão se referindo) estar sendo realizada entre americanos e japoneses, quem mais perde são os leitores de países como o nosso, onde a diversidade de títulos é pouca, e sites como esses contribuem para sanar essa escassez.

Além das discussões que estão rolando em fóruns e afins do fandom de cultura pop japonesa, surgem “ações” como a petição “Don’t stop scanalations sites!”, que já soma  quase duas mil assinaturas em apenas 6 dias. (O engraçado é ler a justificativa da petição: pede que todos se juntem para “salvar o mangá”, afinal como ler os capítulos que demoram a ser publicados nos EUA como Naruto e Vampire Knight? “You will not be allowed to read them untill they come out in the volumes. this is an outrage”. Outrage?!  Só digo uma coisa: HUAHUAHUHAUHAU! Não que esse lado, a questão do tempo, não seja importante, mas não acredito ser a principal).  Há também uma petição para que o site One Manga continue, porém com um pouco menos de assinaturas. Enfim, concordo com a Valéria Fernades, do blog Shoujo Café, quando comenta sobre o assunto: “não acho que as scanlations irão morrer, mas o futuro poderá ser difícil”. Agora é aguardar as cenas do próximo capítulo dessa novela.

E você, o que pensa sobre o assunto? Deixe a sua opinião!

%d bloggers like this: