“Anime” ou “animê”?

9 Set

Os fãs já estão acostumados com os termos, conceitos e palavras específicas da cultura pop japonesa. Usam-nas diariamente oralmente e na escrita. Mas, sempre existem algumas dúvidas devido à pronúncia ou devido à ortografia.

Talvez esse mesmo fã se assuste ao saber que palavras como “mangá” não estejam nem presentes nos dicionários de língua portuguesa, o que determina uma existência não-oficial. E isto nos leva a pergunta do título deste post, pois se não existe uma normatização sobre a escrita da palavra usada para designar os desenhos animados japoneses, como saber qual sua forma correta?

As duas formas são encontradas em diferentes lugares, seja em blogs de fãs, em pesquisas ou mesmo na mídia. Desde que comecei a pesquisar a cultura pop japonesa, tenho escrito “animê”, com acento, devido à seguinte explicação dada pela prof. Drª Sonia M. Bibe Luyten (2003, p.6), referência nacional em pesquisa sobre cultura pop japonesa (principalmente mangá), no artigo “Mangá produzido no Brasil: pioneirismo, experimentação e produção”:

“O termo animê deriva do inglês animation em sua forma abreviada para desenho animado. Embora no Japão a grafia de manga e anime não sejam graficamente acentuadas porém o são oralmente, em português uso o acento para mangá para não ser pronunciado como manga (fruta, ou manga de camisa) e animê para não ser confundido como anime (do verbo animar)”. (grifos da autora).

Mais do que remeter ao verbo animar, “anime” também corresponde à “resina aromática que se assemelha à goma-copal”, segundo o dicionário Michaelis online.

Além disto, é importante destacar a influência da grafia inglesa, já que não leva acentuação. Muito antes da livre circulação da escrita “anime” pela internet, os próprios jornalistas especializados buscavam referências no exterior para suas matérias e acabavam usando a palavra (no inglês é “anime” mesmo) sem convertê-la para o português.

Por isto, baseando-se em Luyten (porque eu não sou ninguém pra ditar nada. Ainda! Hehehe!), considero mais apropriada a grafia “animê”. Apesar disso sei que muitos continuarão usando “anime” pela simples preguiça de acentuar, mas é preciso ter cuidado com trabalhos acadêmicos e jornalísticos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: