Programação do Intercom 2010

10 Ago

Foi divulgada hoje a programação dos trabalhos do XXXIII Intercom que acontece em Caxias do Sul/RS, de 2 a 6 de setembro.

Para quem não conhece, o Intercom é o maior evento da área da Comunicação no Brasil, onde profissionais, estudantes, professores e pesquisadores se reúnem para palestras, mesas temáticas e apresentação de artigos.

>> A relação de artigos conforme Divisão Temática (DT) e Grupo de Pesqusia (GP) pode ser vista aqui. <<

*

Bom, lendo os títulos dos trabalhos que serão apresentados alguns me interessaram bastante e outros me chamaram a atenção por alguns detalhes.

De cara encontrei um artigo que tem como tema o que pesquiso pra minha dissertação: scanlation. Ou seja, não vejo a hora de lê-lo! É o “Scanlation: Práticas midiáticas e sistema de dádivas na reprodução, circulação e consumo de mangá”, de Tatiane Hirata e Yuji Gushike (UFMT).

Outro que me chamou a atenção, por relacionar comics com mangá, é: “O Conceito de Imaginário Como Forma de Entender o Papel do Herói nas Histórias em Quadrinhos: uma Análise Comparativa Entre Superman e Samurai X”, de José Carlos Messias Santos Franco (UERJ)

*

Outros com temáticas interessantes:

Identificação dos Subgêneros Fanfílmicos Através dos Conceitos de Transtextualidade“, de Maurício Falchetti (UFMT), Andrea Ferraz Fernandez (UFMT), Marcelo Ricardo Miranda Espíndola (UNIDERP/ANHANGUERA)

Veja o Livro, Leia o Filme – Breve Reflexão Sobre Cinema, Autoria e Convergência Midiática“, de Luiza Lusvarghi (Uninove SP)

Excesso, esquizofrenia, fragmentação e outros contos: A história social de surgimento do videoclipe“, de Ariane Diniz Holzbach (UFF)

Nós somos Anonymous: anonimato, trolls e a subcultura dos imageboards“, de Fernando Israel Fontanella (UNICAP)

Infância Digital: A Criança e As Novas Tecnologias“, de Danuta De Cássia Leite Leão (UTP)

O mercado de trabalho e as novas funções do jornalista“, de Rogério Christofoleti (UFSC)

*

E por fim, alguns títulos um tanto peculiares que me deixaram muito curiosa:

Quem já riu de um filme de terror?”: distinção e sociabilidade no consumo de cultura trash”, de Mayka Castellano Reis (UFRJ).  (Euuuu! Várias vezes!! hahaha…)

Narrativas de bruxaria como expressões folkcomunicacionais: A cultura popular na ilha de Florianópolis/SC“, de Karina Janz Woitowicz (UEPG) (Preciso descobrir que história é essa de bruxaria aqui em Floripa!! Nunca ouvi falar…)

Cachaça, Turismo e Comunicação – Nas noites LGBT um trio que pode dar certo“, de Daniel Rezende Campos (Uni-BH) (Não precisa ser só nas LGBT!!! Hehehe!)

*

Além disso, notei que no GP Comunicação e Esporte boa parte dos artigos é sobre futebol e muitos levam no título a palavra “herói”… Aí já dá um tema pra um artigo: “A mistificação do jogador como herói no Brasil: uma visão acadêmica e/ou popular?”! Huahauhuah! 😛

*


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: